Doadores de Sangue

17/10/2011 – Foi sancionada, no último dia 06 de janeiro de 2011, a lei municipal n° 15.590, de autoria do vereador Robertinho Mori, que dispõe sobre o atendimento preferencial de doadores de sangue em estabelecimentos comerciais e de serviços e similares.
Robertinho contou que a iniciativa surgiu da Loja Maçônica Harmonia de São Carlos por seu Presidente Carlos Bogas, que teve como exemplo a cidade de Campinas que já tem está lei, desde 1998.
O Poder Público e a Santa Casa realizam campanhas de conscientização sobre a importância da doação de sangue, porém, segundo o vereador, o número de voluntários infelizmente ainda não é suficiente para manter o banco de sangue. “O projeto vem somar a essas campanhas, através do incentivo aos doadores, que teriam um atendimento especial e prioritário em alguns serviços em nosso município”, comentou.
O vereador explicou que esse atendimento especial seria facilmente realizado, pois todos os estabelecimentos de atendimento à população já contam com caixas preferenciais. “O doador obviamente terá que respeitar o atendimento prioritário já existente em lei como idosos; gestantes; pessoas com crianças de colo e deficientes físicos“, disse.
O vereador explicou que é preciso, nesse primeiro momento, conscientizar os proprietários de estabelecimentos comerciais e de serviços da cidade sobre a importância de aumentar o número de doadores para o banco de sangue da Santa Casa.
Ele acredita que se houver um trabalho forte da Prefeitura, o trabalho de fiscalização não seria um problema.
Por esse motivo, Robertinho tem conversado com o Secretário de Governo, que acredita que a Prefeitura precisará de um prazo maior para a regulamentação. “Precisamos entrar num acordo para que nós não tenhamos uma lei aprovada e não executada, pois é algo que vem para beneficiar a nossa população”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *